30/01/2005

Conserto de pia entupida

Finalmente...depois de uma semana com a pia da cozinha entupida obtivemos sucesso nas nossas investidas para desentupimento. Foi muita soda cáustica...diabo verde, etc...mas o que desentupiu mesmo foi enfiar a mangueira do jardim no cano e ir empurrando até desentupir.
Depois ficamos soltando jatos de água e a "porcariada" foi embora.....Acho que nessses trinta anos em que a casa existe nunca havia sido feito uma limpeza no cano. Enfim: "habemos pia"....(como já dizia a madre superiora).

E chove...

Chove sem parar em Blumenau. O que não acho nem um pouco ruim...visto que não suporto o calor infernal do Verão desta terra. Que continue assim, mesmo que todo mundo fique podre de mofo.

Assisti e....

Assisti ao filme TERMINAL com Tom Hanks e Catherine Zeta-Jones. Divertido, bom pra passar o tempo. Uma interpretação óbvia do Tom Hanks ( parece que pegaram o Náufrago e colocaram ele num aeroporto em NY.) Bom pra passar o tempo, só! Nada mais.

23/01/2005

oi todo mundo ..... estou de volta a Blumenau

Ivo, pensante

21/01/2005

Aqui segue a letra da musica que fecha documentário do qual falei :

In Your Wildest Dreams
>> Moody Blues



Once upon a time

Once when you were mine
I remember skies
Reflected in your eyes
I wonder where you are
I wonder if you think about me
Once upon a time
In your wildest dreams
Once the world was new
Our bodies felt the morning dew

That greets the brand new day
We couldn't tear ourselves away
I wonder if you care
I wonder if you still remember
Once upon a timeIn your wildest dreams
And when the music plays
And when the worlds are touched with sorrow
When the music plays
I hear the sound
I had to follow
Once upon a time
Once beneath the stars
The universe was ours
Love was all we knew
And all I knew was you
I wonder if you know
I wonder if you think about it
Once upon a time
In your wildest dreams
And when the music plays
And when the words are touched with sorrow
And when the music plays
I hear the sound
I had to follow
Once upon a time
Once upon a time
Once when you were mine
I remember skies
Mirrored in your eyes
I wonder where you are
I wonder if you think about me
Once upon a time
In your wildest dreams
In your wildest dreams
In your wildest dreams

Recomendo

Acabei de Assistir documentário "Aileen: Life and Death of a Serial Killer". Uma pancada!!!. chocante. É a história da primeira serial killer da qual se tem notícia nos EUA. Fantástico. Quem puder assista também o filme : " Monster: Desejo Assassino", baseado nesta história. Vale a pena.

20/01/2005

Curitiba: paixão antiga.

Tô aqui.....estamos aqui. Curitiba continua sendo o que há de melhor para passeio...e para morar.
Tem um cheiro, uma atmosfera...uma....qualquer coisa assim meio sei lá. É muito bom. Não sei por quê sinto qualquer coisa de raiz. Talvez por que aqui tenha começado uma parte importante da minha história. Será isso? Não sei! Talvez!!!
Dá tesão ficar por aqui....
em tempo: os amigos continuam tudo de bom: Mônica, Everardo. Neuma, Cláudio, Carlos, Juranda, Oscar (Wilde), Lilico, Gubber, Éden ( cadê você?).
Enfim tá tudo de bom isso aqui...mesmo com essa chuvarada toda. Amanhã volto para Blumenau.....Arggggggggg.
tudo bem: "the show must go on" ( já dizia a madre superiora).

Essa é para o Paulo

Lendo seu texto explicativo lembrei deste. Dedico a você amigo:
O sábio, que renunciou ao sentido e ao eu ama o real, aceita-o e contenta-se com ele. Libertado de si, curado do medo e da esperança, despreocupado com os signos e o sentido, só habita o tempo da paz — aqui, agora e sempre — da presença. Não aguarda nada mas é atento. Não busca nada, mas é disponível. Não espera nada, mas ama. Todos os sábios disseram, em todas as línguas: “infinite love, infinite patience”. Sabedoria, não de reconhecimento, mas de acolhida. O sábio tem o tempo (já que não aguarda nada) e todo o tempo (já que não há outro). Paciência, não da espera, mas da vida, não para o futuro, mas para o presente. Os ocupados se precipitam para o que lhes falta, ou aguardam (pacientemente, dizem eles!)que lhes caia dos céus. O sábio faz, tranqüilamente, o que tem a fazer. Não aguarda nada, e é por isso que não tem impaciência. Nada lhe falta, e é por isso que não se precipita. Lentidão do tempo, lentidão da presença... Todos os dias são hoje (é “o oitavo dia da semana, que não começa e não se esgota em nenhum tempo”), e essa presença é exatamente aquilo a que o sábio está presente. Ele ainda vive no tempo? Claro, mas na verdade do tempo. Presente ao presente da presença, ele é, aqui e agora, contemporâneo do eterno. (André Comte-Sponville)

08/01/2005

Beijos melosos do Áquila.....Só um momento de curtição.

Ivo, pensante

04/01/2005

Mais festas de ano Novo...churrasco na casa do Mano e da Maike (sobrinhos). - da esq para a dir: Chico (irmão), Marcos e Marcelo (sobrinhos) e EU.

Ivo, pensante
Comemorações de Ano novo....Viva 2005...nada melhor que cerveja por dentro e água por fora.

Ivo, pensante

03/01/2005

Ano Novo, mesma coisa

Passaram-se as festas. Felizmente! Amigo secreto (mico secreto seria um melhor nome). cumprimentar todo mundo....telefonemas, lembranças, pensando sobre o sentido da vida...essas coisas. Ainda tem aquele monte de carro passando na rua nas vésperas dos feriados cheios de tralha e de gente que vão para a praia, fogos de artifício insuportáveis, aquelas decorações cafonas que a maioria insiste em colocar na frente das casa, enfim...oh período chato.
E tem também aquela infinidade de programas televisivos consultando astrólogos, tarólogos, quirólogos, pais de santo e toda sorte de idiotas que conseguem enganar apresentadores e o público mais idiota com suas previsões sem lógica ou previsíveis por qualquer pessoa comum.
Mas enfim, 2005 esta aí. Chegou como chega qualquer dia...seguindo-se hora após hora, o sol nasce e: estamos em 2005. Estamos longe para quem achava que o mundo iria acabar em 2000.
Enfim, estas festas servem pra gente mudar de ares, refrescar a cabeça, curtir amores e desamores, tomar decisões de cabeça fria.....e que decisões.
Mas eu, como todos os mortais também fiz minha promessa para o ano Novo: não, nada haver com dietas, com questões pessoasi ou oputras coisas menores. Meu desejo é só um : Este ano vou ficar rico. Só. Tem coisa melhor que isso. Calro, alguns dirão: saúde. Concordo. Dessa eu cuidarei...mas que eu vou ficar rico, eu vou.
Beijos em todos.

Ah...mais uma coisinha....eu ainda vou curtir minhas férias durante o mês de Janeiro. Pena que eu ainda não esteja rico (hehehehehehe...)

s� publicando Posted by Picasa