29/08/2004


No dia do saudosismo... Posted by Hello

Sim, é brega, eu sei. Mas hoje o dia foi de lembranças. Ou melhor, de saudosismo.
Foi um daqueles dias em que bate uma saudade, de algo lá longe, que talvez pela ação do tempo, parecia boa.
Saudades do campo aberto, pasto verde, correndo entre os animais e sobre os ribeirões.
Saudades dos pés de laranja, branca, açúcar, limas....
Saudades dos pés de tangerina que nos feriam quando atacávamos roubando as tangerinas ainda verdes...e o cheiro...
Dos pés de “ameixa” (mais tarde viria a descobrir que o verdadeiro nome é nêspera)....
Do pé de butiá....conhecem? aquele coquinho amarelo agridoce...delícia..
E ainda tinham os pés de figo, pessegueiros, limoeiros, pêra...e aquelas uvas verdes que contávamos as horas para ficarem doces.
Lembrei das cenouras e nabos que roubávamos da horta da tia, tirávamos do chão, lavávamos na água do ribeirão e vapt, guela abaixo.
E a fruta-do-conde silvestre, doce como o mel...hummmm
E o cheiro de tudo...uma memória líquida que desperta bem estar. É como se aqueles aromas proporcionassem uma sensação de segurança...não sei..Acredito que era por causa da inocência infantil, quando não nos preocupávamos com contas a pagar, desempenhar bem sua função na empresa, essas amarras que o sistema te impõe.
Saudades do pai e da mãe....muitas saudades.
Dói sim, mas foi bom lembrar.
Muito bom.

 Posted by Hello

28/08/2004


Achados e Perdidos: quando se procura algo, encontra-se. Esse é o óculos de uma africana louca que estava tomando banho...perdeu e veio parar aqui. Posted by Hello

21/08/2004

Quero me reconhecer....buscar lá dentro o que está faltando. Constatadamente não é fora que se encontra a resposta. Tenho que revelar o que ainda não foi revelado. Mostrar a que vim. Fazer algo de melhor para a humanidade. Pretensão? Não. Reconhecimento de que ninguém é vegetal...aliás está errado dizer isso, até os vegetais cumprem uma missão aqui. E com competência.
Boa comparação. Numa floresta há árvores que crescem frondosas e conseguem alcançar o sol melhor do que as outras. Se observar bem, são as que tem as raízes mais fortes. E o caule mais grosso.
Vou para pra pensar sobreisso.

Admito!!!!!!!

Não me reconheço mais! Será que mudei tanto assim? As coisas mudaram tanto assim? Onde está aquele cheio de idéias e vontade? Não sei.
Tornou-se uma luta de sobrevivência tentar resgatar aquele que outrora era inquieto em pensamentos e ações.
Será que estou vivendo o que dizem aniquilamento pelas circunstâncias?
Se for isso, onde buscar a mudança?
Onde estão as minhas raízes, de onde posso sugar energia para alimentar a locomotiva. Que momento é esse?
Acho que preciso de ajuda.
Onde vou buscar?
E que ajuda preciso?

19/08/2004

Que ridículo.....sem comentários!!! Posted by Hello

trashes

Trabalhar pra quê?

Pra chegar no meio do mês e já estar preocupado porque o dinheiro acabou. Se for assim melhor não trabalhar porque o incômodo serpá só um.

Sinto que estou ficando insuportável por causa desse mau humor provocado pela grana, e como se já não bastasse outrar merdas que já temos que aguentar.

Eu não tô mais me suportando!!!!!!!! que saco!!!!!

pronto, disse!


18/08/2004

TÔ PENSANDO....

O que dizer do ser humano? Em momentos críticos percebemos a verdadeira índole de uma pessoa. Num momento crítico cada ser procura se defender, da maneira que ele achar melhor naquele momento. O que está em jogo é a sobrevivência. E ele se defende. Isso é compreensível. O que se pode questionar são as maneiras que as pessoas encontram para se defender: destruindo outras, ou pelo menos tentando. E desse momento em diante, dependendo da reação da próxima pessoa atacada pode surgir uma guerra. Ou a Paz. Depende das ações de cada um.
Na verdade, o que é vergonhoso, são os motivos que provocam as crises. Mimo, infantilidades, falta de bom senso e outras porcarias mais, inerentes ao ser humano.
Acredito que vivemos num período em que, cada vez mais, as pessoas pouco se esforçam para aceitar o novo, o diferente, o desconhecido. Armam-se e se colocam sob uma redoma protecionista, onde nada pode incomodar. Se incomodados atacam. Ferozes, rangendo dentes, afiando unhas e quando podem, afiam palavras transformando-as em armas para ferir aqueles que “incomodam”. A intolerância cresce. Talvez em pouco tempo teremos pessoas atacando outras, porque não gostam da cor do seu cabelo, do seu sotaque, do jeito como andam, por que são obesas, ou porque olharam diferentes. Como será então com aqueles que pensam de maneira diferente? Que na verdade é a maneira mais “perigosa” de ser diferente.
Temos que fazer uma campanha urgente pela tolerância. Abaixo as ditaduras construídas pela má formação de uma minoria de pessoas que não conseguem aceitar o mundo real. Temos que mostrar a elas o que é real: O mundo é feito de diferenças. E quanto mais diferente, mais interessante. Temos que quebras as redomas ridículas colocadas sobre essa minoria “fraca” pela compreensão, e deixar que eles respirem o oxigênio que mantém tudo vivo.

Encontri essa foto...susto...pensei que era eu mesmo....!!!!!!! Posted by Hello

17/08/2004

Indignado

Gente, quando vamos poder nos livrar dessa babquice televisiva que passa o dia inteiro. Os noticiários são clonados. Até a opinião do Bóris Casói já encheu osaco. Os programas de auditório discutindo assuntos sem nenhum fundamento onde pessoas ignorantes dão opiniões do tipo "eu acho".....quando a única coisa que sabem fazer é subir bum palco e cantar baboseiras. Apresentadores burros e mal educado. Hebe Camargo, o ícone da ignorância brasileira.....
Programas fazendo "testes de fidelidade"... Armações e mais armações....
Será que estamos condenados a presenciar a burrice a toda hora. e o nosso salário, um avilte a nossa dignidade que não nos permite assinar uma tv a cabo. Ou pelo menos poder alugar mais filmes em locadoras....
Ai, ai , ai......Até quando??????????
"Para o mundo que eu quero descer".....já dizia Sílvio Brito.

Lindão do papai.....Áquila, o ZéCão..doido... Posted by Hello

Momentos UNI.....Torcendo pelo Sucesso...de TODOS!!!!!!!!!!!!!!!! Posted by Hello

14/08/2004


Uma versão atualizada de um gripado totalmente lascado. Odeio gripes!!!!! Ainda mais trabalhando nesse final de semana...que saco. Fazer o quê. Acho que estou com a imunidade baixa. Já é a terceira gripe nos últimos dois meses. Acho até que sei por quê. Falta de crença nas coisas que estão acontecendo. Ou melhor, nada acontece!!!!!!!!!!! Posted by Hello

é!!! então? Posted by Hello

Hoje eu tô assim...

CÂNTICO NEGRO
-- um poema de JOSÉ RÉGIO

"Vem por aqui" - dizem-me alguns com os olhos docesEstendendo-me os braços, e segurosDe que seria bom que eu os ouvisseQuando me dizem: "vem por aqui!"Eu olho-os com olhos lassos,(Há, nos olhos meus, ironias e cansaços)E cruzo os braços,E nunca vou por ali...A minha glória é esta:Criar desumanidades!Não acompanhar ninguém.- Que eu vivo com o mesmo sem-vontadeCom que rasguei o ventre à minha mãeNão, não vou por aí! Só vou por ondeMe levam meus próprios passos...Se ao que busco saber nenhum de vós respondePor que me repetis: "vem por aqui!"?
Prefiro escorregar nos becos lamacentos,Redemoinhar aos ventos,Como farrapos, arrastar os pés sangrentos,A ir por aí...Se vim ao mundo, foiSó para desflorar florestas virgens,E desenhar meus próprios pés na areia inexplorada!O mais que faço não vale nada.
Como, pois, sereis vósQue me dareis impulsos, ferramentas e coragemPara eu derrubar os meus obstáculos?...Corre, nas vossas veias, sangue velho dos avós,E vós amais o que é fácil!Eu amo o Longe e a Miragem,Amo os abismos, as torrentes, os desertos...
Ide! Tendes estradas,Tendes jardins, tendes canteiros,Tendes pátria, tendes tetos,E tendes regras, e tratados, e filósofos, e sábios...Eu tenho a minha Loucura !Levanto-a, como um facho, a arder na noite escura,E sinto espuma, e sangue, e cânticos nos lábios...Deus e o Diabo é que guiam, mais ninguém!Todos tiveram pai, todos tiveram mãe;Mas eu, que nunca principio nem acabo,Nasci do amor que há entre Deus e o Diabo.
Ah, que ninguém me dê piedosas intenções,Ninguém me peça definições!Ninguém me diga: "vem por aqui"!A minha vida é um vendaval que se soltou, É uma onda que se alevantou,É um átomo a mais que se animou...Não sei por onde vou,Não sei para onde vouSei que não vou por aí!

12/08/2004


Momento azedo!!!Arepresentação real do momento em questão, do local emquestão...de muitas pessoas deste local em questão....entenderam????? Posted by Hello

08/08/2004

desabafo

As vezes penso que as pessoas deveriam se impor um pouco mas nas coisas que lhes incomodam. Mas pra que, se no mundo de hoje as pessoas não conseguem nem ver o que acontece diante do seu nariz. Costumo falar pra mim mesmo que é tolice querer mudar o mundo, as pessoas , suas atitudes, a maneira como pensam e o que gostaríamos que fizesssem para um mundo melhor. As vezes somos tolos, imaturos, fracos, objetivos e porque não covardes.Mas talvez pensando assim um dia quem sabe não chegaremos a tocar de verdade no coracão um dos outros. Acredito em um mundo melhor e quem sabe consigo chegar um pouquinho mais perto de um mundo que é só deles , mas que um dia poderá ser meu também.

07/08/2004


num momento artístico dark-punk-neo futurista, surgiu esta imagem que reflete um relapso total do inconsciente mais profundo a nível mesmo enquanto pessoa buscando algo a mais do que a simples contemporaneidade da conjuntura psico-younguiana onírica dentro de uma perspectiva holística. Posted by Hello

Esta é nossa homenagem ao Pitta. Grande amigo. Saudades dos seus pulos, seu rabo sempre abanando e seus "discretos" escândalos quando chegávamos na sua casa. Querido amigo...Saudades.
Pitta: valeu por tudo, principalmente pelo companheiro que você foi para nossas amadas amigas.
Pitta: aquele que atravessou o mundo segurando "barras".
Kisses, good boy, Very good boy.
E para a Mõnica...toda a força do mundo.
 Posted by Hello

Esse é o Pitta...unforgetable Posted by Hello
é isso aí!!!!

Pensamentos.....

Outro dia meu amigo Paulo navegando no blog de uma amiga dele encontrou um desabafo interessante. Nele, a amiga do Paulo escrevia coisas que tinha muita vontade de dizer as pessoas mas não dizia por educação. Me lembrei desse texto, que muitas vezes leio e releio imaginando a mesma coisa. Queria recitá-lo para muitas pessoas....lá vai:

"... Eu vou te contar que você não me conhece. E eu tenho que gritar isso, porque está surdo e não me ouve. A sedução me escraviza a você. Ao fim de tudo você permanece comigo mas preso ao que eu criei, e não a mim. E quanto mais falo sobre a verdade inteira um abismo maior nos separa. Você não tem um nome, e eu tenho. Você é um rosto na multidão, e eu sou o centro das atenções. Mas a mentira da aparência do que eu sou, e a mentira da aparência do que você é, porque eu, eu não sou o meu nome. E você não é ninguém. O jogo perigoso que eu pratico aqui, ele busca chegar ao limite possível de aproximação, através da aceitação da distância e do reconhecimento dela. Entre eu e você existe a notícia que nos separa. Eu quero que você veja a mim. Eu me dispo da notícia. E a minha nudez parada te denuncia e te espelha. Eu me delato. Tu me relatas. Eu nos assumo e confesso por nós.
Assim, me livro das palavras com as quais você me veste..."

Fauzzi Arap

02/08/2004

lorotas





Dia louco....
Que dia mais louco....primeiro dia de aula após as aulas é fogo!!!!!!
toara que essa cambada não incomode muito....

Isso sem falar na "reunião" de hoje......(hehehehehe)
Acho que vou dar um curso sobre o "poder Informal"....
quem me ajuda?

01/08/2004

Ajuda

Alguém pode, POR FAVOOOOORR me escrever e me dizer como eu coloco fotos no blogo e também os links......HELP ME PLEASE GUYS...
Coisa de Maluco.Passei o dia sem lembrar que deveria almoçar. Acredito que meu inconsciente está me fazendo fazer dieta. Talvez seja hora de pensar bem e não adiar mais...vou fazer dieta. Claro: estou afirmando isso pela milésima vez.....
O melho de tudo da dita é a economia. Como bom "mão de vaca" que sou e pobre ao mesmo tempo acho que vou economizar uma grana. Vejam os exemplos:
Não tomarei mais suco nem refrigerante: perceberam a economia de açucar? Só no café. E água que é quase de graça.
Carne Vermelha, nem pensar, o preço tá pela hora da morte. Só na casa de amigos. Num bom churrasco me esbaldo...não tenho como registir.
Vou caminhar para o trabalho: adeus passes de ônibus.
Vendi meu carro: não preciso mais gastar com gasolina e manutenção, fora os zilhões de impostos e licenças.
E por aí vai...

Voltando ao Blog

Depois de um longo inverno resolvi voltar a visitar meu próprio blog. Primeiro achei chato. Mas acho que vai ser legal mantê-lo no ar. Pra variar , hoje, domingo..é dia de vasculhar a net.....e aí vamos nós.