28/04/2010

Vai entender!!!!

Voltando do jantar encontrei casualmente uma conhecido/amigo. Foi quase em frente a loja da Americanas Express. Um como vai daqui, outro dali....notei que ele levava na sacolinha algo que parecia um dvd. Perguntei idiotamente:
- fazendo compras?
- Tava por aqui e aproveitei que lançaram o Avatar em dvd, tava barato e comprei.
- Ué, tu não tinha me falado que não tinha gostado do filme? que tinha achado fraco?
- ah, pois é...mas acho legal ter o dvd....é um filme famoso....
- ????!!!.....

Outras frasesinhas imbecis e nos despedimos, foi um pra cada lado, os dois meio sem graça.


Pensando bem: ele comprou o filme porque é famoso. Um filme que ele não gostou. Provavelmente sentindo a necessidade de se afirmar diante dos amigos, afinal,  "todo mundo" vai ter o filme em casa, e precisará falar isso para todos.


Pessoas assim são as mesmas que votarão no candidato que as pesquisas apontam com maior intenção de votos, para não perder o voto. Ou continuarão caindo em qalquer campanha publicitária mais ou menos bem feita. OLhará sempre o mundo com a lente alheia sem nunca deixar desenvolver sua capacidade de filtrar alguma coisa. Tenho a impressão que a maioria é assim.

Sim, esse amigo/conhecido já acessou meu blog outras vezes. Talvez leia isso.

18/04/2010

Sábado, 17 de abril de 2010

Querido diário,
sabe um daqueles dias em que acontecem coisas boas? dessas que botam mais ânimo na gente?Pois é foi assim.
Primeiro um almoço que ficou sem comentários na casa do meus amigos Jorge e Paula. Que mão para cozinha!!! Delícia de sardinha! e a feijoada??!! saí de lá molinho, molinho.....

A tarde uma surpresa. Fui prestigiar a Terceira Tarde Literária do Colégio Nilopolitano que atendo. Fantástico. Professoras comprometidas fazendo um trabalho sério, pais que compareceram em massa para acompanhar os trabalhos, direção organizada. Tudo muito bonito. Parece maio bobo comentar algo assim. Mas é que dá um prazer tão grande de ver gente fazendo coisas sérias e levando educação a sério, que não dá pra comentar. Pena não ter ficado até o final. Mas até onde vi, estava demais. Parabéns ao pessoal.

14/04/2010

Momento Existencial, Parte II

Acho que estou precisando conhecer pessoas interessantes.

Difícil momento Existencial.

Sem rumo, sem coragem, desanimado, faltando empolgação, precisando que aconteça algo muuuuuito interessante pra dar um UP no astral.
Definitivamente a melhor programação no fim do dia está na MTV.
Furo MTV
Comédia MTV
Quinta Categoria
Lobotomia.

Existe coisa interessante na TV.
O Zé é o cara mais teimoso que eu conheço. Insistente em tudo o que quer. Nem uma boa palmada faz ele desistir do que ele quer.  Apesar de proibido ele insiste umas vinte vezes para subir no sofá.  Experimente sair de cena, e quando vc volta....lá está ele: em cima do sofá com cara de paisagem. Dá-se um grito e ele desce. Poucos instantes depois levanto pra pegar um café...e lai vai ele de novo. ....
enfim, divagações.....
Escrevendo besteira, pra não escrever outras besteiras....se é que me entendem.

08/04/2010

Sobre o Caos: O festival da mídia e da política.

Quando acontece uma tragédia como essa que assola o Rio de Janeiro, é como se a sugeira atingisse a cara de um grande corpo. Sim, quando ela acontece em SC ou na zona leste de SP é como se fosse uma coceira na perna, um mal estar passageiro, mas quando acontece no Rio é como se fosse jogada na Cara do Brasil o montante de coisa errada ( pra não falar merda) feita por nossas administrações "humanitárias".
Acompanhar os noticiários on line, ou via satélite é o mesmo que assistir um bizarro espetáculo de horror:
- Os repórteres parecem salivar de tesão pois têm uma notícia cheia de audiência nas mãos. Qualquer chuvinha nova é motivo para entrada do plantão: "atenção!!! começou a chover novamente aqui!!!" Como não tem muito o que falar ficam instigando a procura de culpados para o caso e promovem um grande espetáculo de asneiras (algumas ditas por eles mesmos):
  • OPresidente da República (sabidamente de QI elevado) afirma que "contra intempéries não há o que fazer";
  • Os prefeitos aproveitam para dizer que precisam de verbas emergenciais para resolver o problema ( e todos culpam as administrações anteriores pelo fato);
  • Professores universitários afirmam que já haviam alarmado sobre o caso (dentro das suas redomas acadêmicas super engajados em causas sociais....sei!!);
  • Salivantes advogados oferecem ajuda gratuita para a população atingida (gratuita é? tô pagando pra ver?)
  • A população entrevistada quer saber quem vai devolver tudo o que perderam;
  • e por aí vai.
Fato é que culpado todo mundo é:
  • Burras gestões de prefeituras sempre preocupadas em fazer obras que dão voto e gastem pouco dinheiro para sobrar mais para eles ( no morro do Bumba em Níterói até estrqada asfaltada já tinha: ué ? não era uma área de risco? proibida para morar?) Permitem ocupações sabidamente ilegais alegando não ter estrutura para conter os avanços das ocupações dos morros;
  • Políticos de forma geral colaboram para isso tanto se omitindo como doando tijolinhos para construção dos barracos dos pobres coitados;
  • Catedráticos Universitários que não se dignam a dar um passo fora do seu roteiro casa - universidade arrotam um conhecimento que nunca foi usado para o bem social. Falam com uma impáfia nauseante sobre o poder do que conhecem;
  • E a prórpia população: não é por ser a vítima desse desastre todo que não deixa de ter sua culpa. São coniventes ao votar em políticos que nunca dão atenção suficiente aos casos graves e necessários da sociedade. Insistem em morar em regiões perigosas, mas como a fé em Deus é muito grande acham que nada vai acontecer. Mas não podemos esconder que de fato são a camada que verdadeiramente sofre com isso tudo.

Nesse circo todo foi interessante observar o desvio total de atenção da imprensa para Niterói (deixando a cidade do Rio em segundo plano, por causa da repurcassão internacional). Medo de perder as Olimpíadas? Será?

Sim, em tempo: cadê os royalties do petróleo que poderia ser usado para previnir ou sanar tudo isso?